Vera Cruz - RS, sábado, 19 de agosto de 2017
Publicado 10/06/2017 » Geral
HVC deve continuar serviço de partos
Fonte: Jornal Arauto

Ainda há muitas dúvidas referentes à resolução do Estado sobre a regionalização dos partos. E é por haver questionamentos, que ocorreu na manhã de quinta-feira, dia 8, na Prefeitura de Vera Cruz, uma reunião entre a administração do Hospital Vera Cruz, diretoria da Fundação de Saúde Dr. Jacob Blész (mantenedora da instituição), médicos, secretária de Saúde, Eliana Giehl, e diretoria representativa da 13ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS), com a presença da delegada Mariluci Reis. As notícias são de certo alívio.
A resolução da CIB 206/17 foi uma política imposta pelo Estado do Rio Grande do Sul para ser cumprida e exige que os partos sejam realizados em hospitais que tenham médico presencial 24 horas, na clínica de anestesiologia, pediatria e obstetrícia. Estes hospitais, no primeiro momento, seriam o Hospital Santa Cruz, o de Candelária e o de Rio Pardo. No entanto, com exceção do HSC, os demais terão que se reorganizar e reestruturar, porque não têm esses médicos presenciais. É um alto custo. 
O Hospital Vera Cruz, apesar de também não conter médicos presenciais, possui, através de uma parceria com a Administração Municipal, contratos de sobreavisos 24 horas. O que lhe garantiu, num primeiro momento, a continuidade no atendimento às gestantes pelo Sistema Único de Saúde (SUS).
CONTINUIDADE
Ou seja, a partir do dia 16 de julho, o HVC continuará prestando serviços via SUS e vai receber, num primeiro momento, a Autorização de Internação Hospitalar (AIH) para prestar o serviço. A notícia pode ser considerada uma conquista, porém, faz com que a administração da casa de saúde mantenha os pés no chão, pois não é uma confirmação de que os serviços seguirão permanentes. Mês a mês será avaliado se o hospital está seguindo as exigências da Rede Cegonha e assim garantir  o atendimento.
O que contribuiu para a garantia do serviço, mesmo que não seja de forma definitiva, é a parceria com a Administração Municipal, que contrata sobreavisos 24 horas, na clínica pediátrica e obstétrica. “Sabemos que o incremento estadual no valor da AIH não será repassado ao HVC e por enquanto a Administração Municipal continuará repassando os recursos para o pagamento dos profissionais e anestesistas que atendem de sobreaviso até termos maior clareza do fluxo dos encaminhamentos para o Hospital Santa Cruz, que seria nossa referência”, sublinha a secretária de Saúde, Eliana Giehl. Ainda segundo a secretária, a Administração Municipal sempre se mostrou parceira do hospital, buscando melhor atender a comunidade.

Confira a matéria completa na edição impressa deste sábado, do Nosso Jornal.

A partir do dia 16 de julho, o hospital continuará prestando o serviço, porém, sem tempo determinado (Jornal Arquivo Arauto)






JORNAL ARAUTO
(51) 3718-3400
Rua Jacob Blész, 38 - Vera Cruz - RS
Caixa Postal 58 - CEP: 96880-000
Copyright © 2010 - www.jornalarauto.com.br






by Sizing - Soluções para Internet