Vera Cruz - RS, sábado, 19 de agosto de 2017
Publicado 10/06/2017 » Geral
Neste ano, sete casos de abigeato
Fonte: Jornal Arauto

No início da semana, a família do empresário Armindo Halmenschlager foi surpreendida com o crime de abigeato, na propriedade situada na localidade de Ferraz. O abate a um boi deve ter ocorrido durante a noite de segunda ou na madrugada de terça-feira, segundo relata o filho Cássio Halmenschlager. “O pai estava na propriedade e viu somente na manhã de terça”, comenta.

No local em que o animal foi encontrado esquartejado, restando apenas o que não poderia ser aproveitado, Armindo e Cássio encontraram uma faca, provavelmente utilizada para abater o gado. Segundo Cássio, ninguém ouviu nada e não há suspeitos. Após postagem da irmã e do cunhado no Facebook, Cássio conta que muitas pessoas entraram em contato para dar pistas e até contar que a prática é mais comum do que se pensa ou se vê. Porém, certeza de quem possa ter cometido o crime na propriedade da família ninguém tem.

Além da sensação de insegurança, Cássio revela que o pior de tudo é saber o quanto a fiscalização é difícil, assim como conseguir flagrar a prática do crime. 

A família registrou a ocorrência na Brigada Militar de Vera Cruz, mas lamenta, pois nada pode ser feito, tendo em vista que não há suspeitos. Após receber informações sobre possíveis abatedouros clandestinos, Cássio adianta que irá informar a polícia. “Espero que ajude de alguma forma para coibir a venda de carne sem procedência e sem certificação”, sublinha.

Armindo, ao lado do filho, cria na propriedade cabeças de gado para abate, cuja a carne é comercializada, de forma regular, no mercado da família. Cássio lamenta, pois, além de pagar todos os impostos em dia, com o crime, teve um prejuízo de aproximadamente R$ 1,8 mil.

OS NÚMEROS - De acordo com levantamento feito pela Brigada Militar de Vera Cruz, em 2017, de janeiro até agora foram sete ocorrências por abigeato no Município, havendo dois casos que ocorreram em Mato Alto, no mês de janeiro, e dois casos em Rincão da Serra, um registrado em janeiro e o outro em março. No ano passado, no mesmo período, a BM havia registrado 10 casos. Sendo três casos em Mato Alto, o que chama a atenção. Ao longo do ano de 2016, foram 18 registros. Vale ressaltar que o número de registros não está necessariamente ligado ao número de animais furtados ou abatidos.

Apesar do número de registros estar abaixo neste ano, em relação ao mesmo período do ano passado, a Brigada Militar dispõe de uma Patrulha Comunitária do Interior (PCI), que percorre as áreas rurais, na tentativa de coibir este tipo de delito e trazer aos moradores uma sensação maior de segurança.

A BM faz o alerta para quem for vítima de furto abigeato,que faça o registro de ocorrência junto à Polícia Civil, para que tão logo seja produzida uma investigação, na tentativa de identificar os possíveis autores.

 

Crime deve ter ocorrido entre a noite de segunda e madrugada de terça-feira, em Ferraz (Foto: Divulgação)






JORNAL ARAUTO
(51) 3718-3400
Rua Jacob Blész, 38 - Vera Cruz - RS
Caixa Postal 58 - CEP: 96880-000
Copyright © 2010 - www.jornalarauto.com.br






by Sizing - Soluções para Internet