Vera Cruz - RS, sexta-feira, 24 de novembro de 2017
Publicado 10/11/2017 » Geral
Na feira, mais do que livros, imaginação
Fonte: Jornal Arauto

Ela se orgulha em ser filha da terra, de ter crescido em Vera Cruz e este ano ser a patronesse da Feira do Livro. Poeta, escritora e uma apaixonada pelas letras desde a infância, Marli Silveira emocionou quem esteve na abertura do maior evento literário do Município. No palco, ao falar da família, os olhos dela se encheram d’água. Lembrou que os pais vieram à Capital das Gincanas em 1959 e que se orgulha em ser filha dos “Caçapava”. Entre um relato e outro que compartilhou com os pequenos estudantes que a acompanhavam no palco montado na Praça José Bonifácio, Marli contou de seu primeiro prêmio, ainda nos anos iniciais de escola. Estava na terceira série, no Mesquita, e nem imaginava que publicaria livros no futuro. Foi com um de seus textos que se classificou no concurso e ganhou um livrinho, o qual ainda lembra o nome: “O coelho e a onça”.

A vera-cruzense já publicou mais de 20 livros e tem a poesia e as palavras no seu dia a dia. Na abertura da feira, não poderia deixar de destacar essa sua paixão. “Eu preciso falar de leitura e, para mim, ler é acima de tudo enxergar. Quanto mais a gente lê, mais a gente enxerga. Lendo, passamos a ver o mundo.” A fim de agradecer a oportunidade de ser a patronesse desta edição, Marli leu um texto sobre amigos. “Meus amigos são todos assim. Metade loucura, outra metade santidade. Escolho não pela pele, mas pela pupila, que tem que ter brilho questionador e tonalidade que reflete...”

A FEIRA DO LIVRO
A 21ª edição da Feira do Livro vai até domingo, dia 12. Toda a estrutura está montada junto à Praça. Diferente de outros anos, o evento vem com uma proposta de envolver ainda mais a comunidade, mas não deixando o principal público, as crianças, de lado. O secretário de Cultura, Turismo e Esporte, Lucas Dalfrancis, destacou, justamente, em sua fala na abertura, que o futuro começa com as crianças, que elas são as protagonistas e que vão fazer a história. “É na leitura que elas terão o embasamento teórico. No teatro que vão despertar a imaginação”, comentou, referindo-se também a 25ª Mostra de Teatro, que acontece, pela primeira vez, dentro da programação da Feira do Livro. Tradicionalmente, ela era realizada no mês de agosto.

Abertura foi com a poeta e escritora Marli Silveira, escolhida como a patronesse desta edição (Foto Arauto)






JORNAL ARAUTO
(51) 3718-3400
Rua Jacob Blész, 38 - Vera Cruz - RS
Caixa Postal 58 - CEP: 96880-000
Copyright © 2010 - www.jornalarauto.com.br






by Sizing - Soluções para Internet