Vera Cruz - RS, segunda-feira, 23 de abril de 2018
Publicado 10/04/2018 » Geral
Ataque cibernético também em Vera Cruz
Fonte: Jornal Arauto

Já imaginou trabalhar em uma empresa, chegar pela manhã, ligar o computador e descobrir que todos os dados sumiram? Que não há maneira de recuperar e que o serviço a partir dali começa do zero? A situação, aqui, é hipotética, mas ela já aconteceu com inúmeras empresas que não têm proteção contra invasores. Relatos dão conta que um estabelecimento santa-cruzense teve que voltar a trabalhar com máquina de escrever enquanto novos sistemas eram criados para os computadores. Mas há como impedir estes ataques. Jorge Staub, da Sulvale Informática, dá dicas (veja na edição impressa do Jornal Arauto).

Estes problemas são gravíssimos e geram custos altíssimos e incalculáveis às empresas. Os problemas, segundo Staub, são gerados por pessoas mal intencionadas, que procuram, todos os dias, invadir e acessar dados e informações de empresas através da instalação de vírus nos computadores e nas redes de computadores. O acesso acontece através de conexões de internet inseguras ou mal configuradas, seja pelo simples fato de conectar um celular no computador para baixar fotos ou recarregar a bateria. “Um sistema de bloqueio mal configurado ou configurado por pessoal ou empresa não especializada ou um antivírus não é garantia de segurança”, afirma Staub.

VERA CRUZ TEM RESPINGOS
E tem empresa de Vera Cruz que perdeu dados com a ação dos maliciosos. A Imagem. Com, que trabalha com comunicação visual, teve sua rede invadida. Tudo começou, segundo Éder Jofre, responsável pela gestão e o gerenciamento de informática da empresa, com oscilações no sinal de internet. “Estava ruim, lento. Foi então que chamamos um técnico. Ele trocou um equipamento. Mas logo voltou a cair o sinal, a interromper a rede em alguns computadores”, conta. Então, novamente técnicos vistoriaram a rede da empresa e descobriram que um computador era o infectado e que estava “consumindo” toda a internet. “Desligamos aquela máquina e o sinal de internet ficou bom novamente”, lembra. “Mas, em minutos, outro computador estava consumindo quase toda a internet”, acrescenta. 

Neste período, os funcionários perceberam que alguns arquivos haviam desaparecido. Aí o pavor. “Arte de clientes aprovadas, prontas pra execução do serviço e nós perdemos. Abríamos a pasta no servidor e ela estava lá. Mas dentro das pastas, nenhum arquivo”, recorda Jofre, que diz que o IP que estava fazendo toda a bagunça no sistema era da Rússia.  “Se for da Rússia, Romênia ou China, é preciso cuidar, porque é problema”, alerta.

Depois do episódio de perda de parte dos arquivos, a Imagem.Com investiu em antivírus pago e na formatação de todos os computadores. “São anos de trabalho. Imagina perder todos os nossos dados?”, questionou ele, preocupado também com o vazamento de dados e informações de clientes e dos próprios funcionários. “São 16 anos de empresa dentro do servidor”, sublinha.

Russos invadiram rede da Imagem.Com. Arquivos foram perdidos, o que motivou investimentos (Foto Lucas Batista/Jornal Arauto)






JORNAL ARAUTO
(51) 3718-3400
Rua Jacob Blész, 38 - Vera Cruz - RS
Caixa Postal 58 - CEP: 96880-000
Copyright © 2010 - www.jornalarauto.com.br






by Sizing - Soluções para Internet