Vera Cruz - RS, terça-feira, 17 de setembro de 2019
Publicado 31/05/2019 » Geral
Quando a ajuda vem de fora
Fonte: Jornal Arauto

Com o intuito de qualificar ainda mais a educação, o Governo do Estado instituiu, em 2015, o programa Escola Melhor, Sociedade Melhor. O objetivo é fazer um mutirão de recuperação de prédios escolares, envolvendo toda a comunidade. Através do programa, empresas e pessoas físicas podem firmar parcerias com os educandários. 

Das 99 escolas pertencentes aos 18 municípios de abrangência da 6ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), apenas três ainda não estão habilitadas. Segundo a coordenadora do Programa na 6ª CRE, Rosane Petry, as escolas não habilitadas são Andrade Neves, de Passo do Sobrado; Professor José Wilke, de Santa Cruz do Sul; e Padre Theodor Amstad, de Vale do Sol. “As demais estão todas aptas a buscar e receber parcerias público/privadas”, frisa.

Ainda conforme Rosane, o programa vem ao encontro das escolas estaduais que necessitam de parcerias para proporcionar mais qualidade na educação. “O programa também contribui com a transparência da Gestão Escolar”, reflete. “Os parceiros terão reconhecimento, visibilidade e legalidade das doações que realizam para as escolas/espaços públicos”, completa. Para ajudar, basta acessar o link: www.educacao.rs.gov.br/escola-melhor. Há uma lista com os educandários participantes do programa. Conheça (nos quadros ao lado e abaixo) os projetos atendidos no ano passado e os que estão em andamento neste ano, nas escolas de Vera Cruz, Santa Cruz do Sul e Vale do Sol.

CERTIFICAÇÃO
Nesta sexta-feira, dia 31 de maio, acontece a cerimônia de certificação dos parceiros do programa Escola Melhor, Sociedade Melhor, a partir das 10 horas, no auditório do Palácio da Justiça, em Porto Alegre. Pela 6ª CRE, receberão certificados: o coordenador, Luiz Ricardo Pinho de Moura; a coordenadora do programa da 6ª CRE, Rosane Petry; quatro diretores representando as escolas; e 12 parceiros.

VERA CRUZ
Escola Hannemann: foi contemplada com a instalação do sistema de energia solar fotovoltaico, gerador de energia limpa e renovável; doação de duas bolas; e revitalização da escola. Entre as demandas estão: atualização dos materiais do laboratório de informática; pracinha com brinquedos, e construção de rampas com acessibilidade.

Escola Mesquita: conseguiu realizar o sonho de ter a quadra coberta. Também já está encaminhado o projeto para a colocação de piso novo em toda a frente do prédio e um toldo que irá ligar a escola à quadra coberta.

Escola Walter Dreyer: foi contemplada com curso de informática para um aluno; projeto Educa Trânsito; doação de bolas; e suporte com grades para projetor. Entre as demandas está a substituição de telas e pintura.

SANTA CRUZ DO SUL
Escola Bruno Agnes:
recebeu atividades pedagógicas para alunos e qualificação para professores; palestras do Educa Trânsito; atividade pedagógica em saúde bucal; granito no balcão da cozinha; forro no refeitório. Entre as demandas estão: melhorias na infraestrutura; utensílios para cozinha (está em fase de adaptação das normas da Vigilância Sanitária).

Escola Petituba: através de parceria foi possível realizar ciclo de atividades pedagógicas de Educação para o Trânsito; pintura do muro; oficinas para professores dos anos iniciais. Entre as metas está: fazer cobertura da quadra.

VALE DO SOL
Escola Afonso M. Rohlfes: através do programa foi possível dispor de um professor profissional para aulas de dança da Invernada da Associação Grupo de Danças Tradicional Gaúcha Tangarás; e aulas de informática uma vez por semana, com duração de dois meses.

 







JORNAL ARAUTO
(51) 3718-3400
Rua Jacob Blész, 38 - Vera Cruz - RS
Caixa Postal 58 - CEP: 96880-000
Copyright © 2010 - www.jornalarauto.com.br






by Sizing - Soluções para Internet