Vera Cruz - RS, terça-feira, 17 de setembro de 2019
Publicado 06/09/2019 » Geral
Crucifixos são furtados. De novo
Fonte: Jornal Arauto

“Era para ser um lugar de paz”, desabafaram os irmãos Astor e Romeu Kist, ao percorrerem os corredores do cemitério central de Vera Cruz na manhã desta terça-feira, dia 3, depois de correr a notícia de que diversos túmulos foram, de novo, alvo de vandalismo. Foram furtados crucifixos de metal em 58 sepulturas do lado católico e em 39 do lado evangélico, o que foi devidamente registrado em boletim de ocorrência pelas diretorias das Comunidades. A data em que o crime ocorreu é imprecisa. No dia 29 de agosto, o vigilante de rua teria acionado a Brigada Militar ao notar que havia gente furtando no cemitério, tendo fugido pelos fundos sem ser identificado. Pode ter sido desde então a depredação e somente agora as comunidades terem tomado o devido conhecimento. Independente da data do crime, o desrespeito revolta os vera-cruzenses.
Ao saberem da notícia, os irmãos Kist foram rapidamente conferir, túmulo a túmulo, se algo havia sido levado do local onde os tantos familiares estão enterrados. Estavam aliviados que junto aos seus tudo se mantinha intacto, mas não esconderam a tristeza pelas outras famílias. “Temos avós, pai, mãe, família muito grande. Tínhamos motivo para vir correndo”, dizem eles, que se chocaram ao ver que nem mesmo os túmulos de padres foram poupados. 

 

SEGURANÇA - Por parte das comunidades religiosas, estão sendo estudadas medidas. “Por parte da Comunidade Católica deverão ser instaladas luminárias com sensores de presença. Logo, no que algo se mover perto delas, elas acenderão. Também está sendo estudada a instalação de câmeras de monitoramento interligadas com o sistema que já existe junto à Igreja Matriz e casa paroquial”, explica o presidente Luís Carlos Dhiel. A Comunidade Evangélica também deve colocar o assunto em reunião, atesta o presidente Jorge Kappel. Os dois dirigentes pontuam que pretendem, conjuntamente, planejar medidas, já que o cemitério é comum.

Uma olhada rápida e várias sepulturas tiveram o crucifixo subtraído (Foto Arauto)






JORNAL ARAUTO
(51) 3718-3400
Rua Jacob Blész, 38 - Vera Cruz - RS
Caixa Postal 58 - CEP: 96880-000
Copyright © 2010 - www.jornalarauto.com.br






by Sizing - Soluções para Internet