Vera Cruz - RS, sexta-feira, 6 de dezembro de 2019
Publicado sexta-feira, 6 de setembro de 2019 09:56 »
Por que as pessoas mentem?
Fonte: Jornal Arauto

Uma mentirinha aqui, outra ali. Certas vezes parece inevitável contar uma história diferente de como ela realmente aconteceu, afirmar que já viajou para fora do país sem nunca ter ido ou dizer ao chefe que seu carro quebrou, quando na verdade você acordou mais tarde e, por isso, chegou atrasado no trabalho. A psicóloga Juliana Roth revela que as mentiras podem ser motivadas pelas mais diversas razões e situações. 

Segundo a profissional, em certos casos os indivíduos mentem com tanta naturalidade que este comportamento é levado para todas as esferas da vida: no trabalho, no namoro ou entre os amigos. Tudo é motivo para não falar a verdade ou falsear as situações. A exemplo, ela cita o ambiente de trabalho. Nele, a mentira pode ser motivada pela inveja em relação aos colegas e pelo desejo de ser sempre o melhor. “O indivíduo ‘puxa o tapete’ dos demais sempre que pode, não consegue ver os colegas se destacando e mente para obter vantagens em relação aos outros”, revela. 

Quando se trata de relacionamentos, seja entre amigos ou casais, Juliana explica que a mentira também pode aparecer. “Para se sentir aceito em um grupo, a pessoa falseia as situações: diz que mora em um determinado bairro, quando na verdade mora em outro, mente sobre sua classe social, lugares que já visitou ou diz que tem coisas que nunca terá condições financeiras de comprar”, afirma. Este comportamento pode se repetir em uma amizade, quando aparece um terceiro indivíduo. “Muitas pessoas têm esta necessidade de mentir para tirar o ‘intruso’ de cena”, explica a profissional. 

Para entender mais sobre porque as pessoas mentem, confira um trecho da entrevista com a psicóloga.

Quais são os motivos que levam as pessoas a mentirem?
As motivações são várias, não tem causa única. Pode ser por medo, vergonha ou como forma de defesa. Também, por querer parecer mais do que realmente é e até para proteger uma pessoa. Todo mundo em um determinado momento da vida vai mentir. Por exemplo, quando um amigo convida para sair e, ao invés de dizer que não está afim, acaba inventando uma desculpa.

A pessoa pode transparecer através do seu comportamento que está mentindo?
Às vezes fica difícil perceber, porque há pessoas manipuladoras. Na amizade e no relacionamento, tu confias no outro e não imaginas que ele ou ela vá mentir. Estas pessoas conquistam pela lábia e sedução, contando a história com riqueza de detalhes. Mas não dá pra dizer que aquelas pessoas que têm dificuldades de olhar nos olhos dos outros são mentirosas, porque pode ser o jeito delas mesmo ou vergonha. Claro, algumas vezes também se nota a mentira, pois o nervosismo pode transparecer pelos poros, atos falhos e pelo suor. 

Existe “mentirinha saudável”?
Se pensarmos, as mentirinhas de primeiro de abril há um tempo atrás eram aceitas com mais naturalidade. Hoje isso é complicado, porque dar valor à palavra do próximo é difícil. E assim, quando o outro te pergunta se está tudo bem, não é para qualquer pessoa que tu vai dizer que não está. Tu fazes isso para te preservar. Ou quando alguém pergunta sobre o peso, é difícil dizer, “sim, tu estás acima do peso”, aí tu mentes. Isso acontece porque as pessoas querem sair dessa “sinuca de bico” e evitar um conflito. É bom refletir qual a necessidade de mentir. Quando se sabe que está prejudicando alguém e continua levando a mentira adiante, aí a situação se complica.

Confira a entrevista completa, na edição de sexta-feira e sábado do Jornal Arauto.

Em certos casos, a mentira sai do controle e o comportamento vira um hábito (Foto: Jornal Arauto)


Comentários
Sem comentários publicados
Deixe seu comentário




+ Notícias relacionadas
 




JORNAL ARAUTO
(51) 3718-3400
Rua Jacob Blész, 38 - Vera Cruz - RS
Caixa Postal 58 - CEP: 96880-000
Copyright © 2010 - www.jornalarauto.com.br






by Sizing - Soluções para Internet