Vera Cruz - RS, domingo, 15 de dezembro de 2019
Publicado 27/09/2019 » Geral
Para o bem do planeta e da saúde
Fonte: Jornal Arauto

Andar de bicicleta se tornou um hábito aos que pretendem levar uma vida mais saudável e aos que querem contribuir com o meio ambiente, reduzindo a poluição emitida pelos carros nas ruas. E para garantir mais segurança a este público, Santa Cruz do Sul tem investido em ciclovias. Uma conquista para os praticantes, que, assim como o santa-cruzense Leandro Rathke, de 44 anos, utilizam do espaço para ir trabalhar ou simplesmente para passeio.

Até o fim deste ano, o Município irá contar com 20 quilômetros de ciclovia, antecipa o secretário de Transportes e Serviços Urbanos, Gérson Vargas. A soma se faz com as obras recentes como o 1,5 quilômetro de ciclovia na rua Assis Brasil concluído recentemente, somados aos 2,5 quilômetros no bairro Dona Carlota, que deve ter a pista finalizada em outubro. 

Investimentos estes vistos de forma positiva por quem pratica o esporte e tenta levar uma vida mais saudável. É o caso de Leandro, que começou a andar de bicicleta por questões de sedentarismo e hoje utiliza diariamente para ir trabalhar. Aos finais de semana, a esposa o acompanha em passeios. Durante a semana, de manhã cedo sai de sua casa, no bairro Margarida, deixa o filho na escola que fica no centro e dali parte na bike até o Distrito Industrial. São 5,5 quilômetros de ida e volta, o que soma 11 quilômetros diários de pedalada. 

“Sendo dias de tempo bom vou sempre. Prefiro pedalar do que enfrentar trânsito nestes horários [das 7 horas e das 17h30min, quando vai e sai da empresa]”, comenta. O trajeto é feito em torno de 16 a 20 minutos. Quanto às condições da ciclovia, Rathke diz que são boas, porém, com algumas falhas quanto ao acúmulo de água, principalmente no Distrito. “Passa uma sensação de segurança por não estar no meio dos carros”, avalia. 

CICLOVIAS
Em Santa Cruz existem ciclovias na rua Barão do Arroio Grande, Distrito Industrial, ruas Assis Brasil, Paull Harris, Victor Frederico Baumhardt e Davi Severo Mânica. “Há previsão de continuação da ciclovia na Assis Brasil, passando pelas ruas Tiradentes, São José e Avenida Independência até a RSC-287”, projeta Vargas. Pensando além do bem estar dos usuários, o secretário reforça que incentiva o uso da bicicleta, pois assim são menos veículos no trânsito, o que ajuda o meio ambiente.

Confira a matéria completa na edição impressa desta sexta-feira, do Nosso Jornal.

Rathke começou a andar de bicicleta para emagrecer. Hoje vai trabalhar de bike (Foto: Luciana Mandler)






JORNAL ARAUTO
(51) 3718-3400
Rua Jacob Blész, 38 - Vera Cruz - RS
Caixa Postal 58 - CEP: 96880-000
Copyright © 2010 - www.jornalarauto.com.br






by Sizing - Soluções para Internet