Vera Cruz - RS, quarta-feira, 16 de outubro de 2019
Publicado 01/10/2019 » Geral
Colheita inicia para quem plantou cedo
Fonte: Jornal Arauto

A abertura oficial da colheita de tabaco não ocorreu ainda, mas em alguns municípios já existem produtores na lida, na colheita da safra 2019/2020. Embora a Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra) não tenha conhecimento de alguém que esteja colhendo, há casos esporádicos, aqueles que plantaram mais cedo e assim, vão colher mais cedo, conforme o gerente técnico Paulo Vicente Ogliari. 

A exemplo está o casal Éder Leandro Mueller e Raquel Rieck, moradores de Linha Floresta, no interior de Vera Cruz, que iniciou o transplante das mudas no dia 14 de junho. Desde o dia 23 de setembro eles vêm colhendo as folhas do baixeiro. A primeira etapa foi nos 14 mil pés de tabaco, cultivados primeiramente, seguido de uma leva de mais quatro mil pés. Pelos cálculos, o casal soma que foram 693 varas para secagem no forno, o que deve ultrapassar 20 arrobas tranquilamente. 

A segunda apanha, se o tempo colaborar, vai ocorrer   em torno de três semanas. Já  a segunda leva de tabaco, plantado no início de agosto (22 mil pés), deve começar a ser colhida em novembro, projeta Mueller. Ao todo, o casal soma uma produção de 40 mil pés.

Para esses produtores, o clima tem sido favorável até agora. “Não podemos reclamar. Quem olha o nosso fumo diz que está bonito e grande”, alegra-se Raquel. Com previsão de chuva para esta quarta-feira, dia 2 de outubro, o produtor está otimista. “O fumo novo precisa de chuva. Se o clima continuar bom, a safra promete ser boa”.

NAS LOCALIDADES
Em Vera Cruz, mesmo que de forma tímida, produtores de outras localidades também já estão colhendo: em Ferraz e Vila Progresso, por exemplo. Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais do município, Cristian Wagner, a expectativa para esta safra é grande, “pois como até o momento não deu muito calor, o fumo está ainda em fase de crescimento, podemos ter bastante evolução na planta, com a elevação da temperatura”, avalia. 

Cada ano é uma surpresa, mas, segundo Wagner, que ouve os agricultores, a expectativa é de uma safra melhor. “Vendo o desenvolvimento das lavouras, temos uma safra que promete. Claro, se o clima deixar”, completa.

PROJEÇÃO
No ano passado, a safra alcançou 297 mil hectares de área plantada nos três estados do sul do Brasil, conforme a Afubra. Para este ano, a projeção de plantio é de 294 mil hectares, e a produção em 657 mil toneladas de tabaco. 

O casal Éder e Raquel iniciou no dia 23 de setembro a colheita das folhas do baixeiro (Foto Luciana Mandler)






JORNAL ARAUTO
(51) 3718-3400
Rua Jacob Blész, 38 - Vera Cruz - RS
Caixa Postal 58 - CEP: 96880-000
Copyright © 2010 - www.jornalarauto.com.br






by Sizing - Soluções para Internet