Vera Cruz - RS, domingo, 15 de dezembro de 2019
Publicado 04/10/2019 »
Que tal ajudar Paulo a achar um doador?
Fonte: Jornal Arauto

Oque iniciou com o pedido de ajuda de uma família santa-cruzense pode se tornar uma corrente maior e beneficiar outras pessoas. Isso porque a Liga Feminina de Combate ao Câncer de Santa Cruz do Sul lançou na terça-feira, dia 1º, campanha de doação de medula óssea, que além de levar doadores até o Hemocentro de Porto Alegre para ajudar Paulo Alberto Fagundes Junior - que luta contra uma leucemia aguda -, vai abastecer o banco da capital com mais cadastros. A iniciativa é realizada em parceria com o Lions Clube Santa Cruz do Sul e a Associação de Amparo à Vida (Aprovi).

O primeiro ônibus que levará os doadores, de forma gratuita, para a capital gaúcha, sairá de Santa Cruz na próxima terça-feira, dia 8, às 5 horas. Para participar, é só entrar em contato com a Liga, através do telefone (51) 3719-5819. Segundo a presidente da entidade, Michele Henn Waechter, é importante que a comunidade se junte à causa. “Hoje, para ser um doador, a pessoa tem que ir até Porto Alegre, em horário comercial, de segunda a sexta-feira, o que dificulta a doação. Mas, com a campanha queremos facilitar esse processo”, revela. Além disso, a ideia é continuar as viagens para a capital e, para ajudar a custear os gastos com transporte, a comunidade pode fazer doações por meio de uma vaquinha online, acessada através da descrição “Ônibus para POA - Campanha de Doação de Medula”.

A DOAÇÃO
 No Hemocentro, em Porto Alegre, será realizada a coleta de uma amostra de sangue de cada voluntário, e efetivado seu cadastro junto ao banco. Segundo a hematologista Bruna Fischer Baldissera, nesse primeiro momento são testados os grupos de genes a partir da amostra de sangue. “Se o doador for compatível com algum paciente que está na fila de espera, ele será avisado e poderá realizar o procedimento para a coleta da medula óssea”, explica. Dessa forma, para Michele, é importante que os possíveis doadores estejam dispostos a fazer a coleta quando forem procurados e cientes de que além do Paulo, podem ser compatíveis com outros pacientes. 

Na luta contra a leucemia
Paulo Alberto Fagundes Junior, 34 anos, o santa-cruzense que motivou a campanha de doação de medula óssea promovida pela Liga, luta contra a leucemia aguda desde julho de 2018. Há um mês está internado no Hospital Santa Rita, complexo Santa Casa de Porto Alegre, para realizar quimioterapia.  

De acordo com a hematologista Bruna Fischer Baldissera, ele precisa contar com a mobilização da comunidade para encontrar um doador o quanto antes. “Conforme o tempo passa, a leucemia vai ficando mais resistente. E o Paulo já passou por dois estágios de tratamento e agora precisa realizar o transplante”, revela. 

Campanha da Liga foi lançada nesta semana (Foto: Jornal Arauto)


Comentários
Sem comentários publicados
Deixe seu comentário




+ Notícias relacionadas
 




JORNAL ARAUTO
(51) 3718-3400
Rua Jacob Blész, 38 - Vera Cruz - RS
Caixa Postal 58 - CEP: 96880-000
Copyright © 2010 - www.jornalarauto.com.br






by Sizing - Soluções para Internet